Barra Cofina
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já

Sexo na casa banho após deitar as crianças: o truque para os casais com filhos em tempos de pandemia

Esforço em manter segredo na hora da relação sexual pode potenciar sensações novas e mais intensas.
Por Francisca Genésio 19 de Abril de 2021 às 01:30
Banheira
casal, sexo, relações
casal, sexo, relações, máscaras
Casal pode fomentar cumplicidade em tempos de pandemia através de vários métodos
Banheira
casal, sexo, relações
casal, sexo, relações, máscaras
Casal pode fomentar cumplicidade em tempos de pandemia através de vários métodos
Banheira
casal, sexo, relações
casal, sexo, relações, máscaras
Casal pode fomentar cumplicidade em tempos de pandemia através de vários métodos
A vida sexual de muitos portugueses ficou para trás com a pandemia. O medo de serem ‘apanhados’ pelos filhos, em casa a tempo inteiro, apoderou-se de muitos e a libido tornou-se praticamente inexistente. Quem o diz são os especialistas, que contrariam a ideia. Aliás, o confinamento pode ser encarado como um desafio para apimentar a relação. “Os melhores locais da casa para fazer sexo dependerão da forma como cada família se organiza. O quarto ou a casa de banho trancados podem ser uma opção mais segura para os casais com filhos, de forma a diminuir a inibição e o potencial constrangimento de serem apanhados. Poderá ser também uma sugestão aproveitar a hora do banho para um momento de intimidade, um banho juntos, depois de as crianças estarem deitadas”, recomenda Joana Lima Silva, ginecologista e sexóloga no Hospital Lusíadas Porto. Mas nem sempre é preciso esperar que os mais pequenos estejam a dormir. “O sexo silencioso é possível. O “esforço” em manter segredo, em controlar alguns impulsos, pode levar a sensações novas e mais intensas. O contacto visual é central nesta situações. Para além deste controlo dos sons, deve ter-se em atenção às condições locais: se a cama fizer barulho, será preferível utilizar o chão. A música ou a televisão ligados, são outros aliados na hora de minimizar os ruídos”, acrescenta a especialista. Há também posições que ajudam a camuflar ruídos. “Aquelas em que o casal está frente a frente, com maior proximidade física, limitam os barulhos associados aos movimentos e potenciam o contacto visual”, explica Joana Lima Silva.

Exclusivos

Assinatura Digital

Acesso sem limites em todos os dispositivos Assinatura válida na APP Correio da Manhã Newsletters exclusivas E-paper antecipado no Quiosque Ofertas e descontos do Clube CM+
Assine já! 1€ no 1º mês
Relacionadas
Notícias Recomendadas
Bem Estar e Nutrição

O verdadeiro peso da performance sexual numa relação

“Os homens focam-se na performance, sentem que têm de ser ótimos enquanto amantes e têm que dar prazer, e elas têm de ser sexy e sensuais” Marta Crawford, sexóloga, desmistifica as questões das “deusas” e “deuses” do amor.