Barra Cofina
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já

“A ideia de curar o Alzheimer em dez anos é otimista demais”

A doença que apagou o sorriso do avô Abbas conduziu-o ao estudo do cérebro. E há tanto por descobrir: o neurocientista britânico, Joseph Jebelli, prevê que “estamos a décadas de conhecer a biologia” da demência mais prevalente no mundo.
Por Sara Capelo 31 de Janeiro de 2020 às 19:13
Nos intervalos da investigação pós-doutoral na Universidade de Washington, na cidade norte-americana de Seattle, Joseph Jebelli lia tudo o que encontrava sobre Alzheimer. Mas nenhuma das revistas ou livros de divulgação científica documentavam a história e a investigação atual sobre esta doença que afeta 47 milhões de pessoas.



Exclusivos

Assinatura Digital

Acesso sem limites em todos os dispositivos Assinatura válida na APP Correio da Manhã Newsletters exclusivas E-paper antecipado no Quiosque Ofertas e descontos do Clube CM+
Assine já! 1€ no 1º mês
Notícias Recomendadas