Barra Cofina
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já

Genética cura doença hereditária que provoca cegueira em crianças

Descoberta ganhou a 12ª edição do prémio Champalimaud Visão.
Por Francisca Genésio 8 de Setembro de 2018 às 09:00
Os investigadores premiados Jean Bennett, Samuel Jacobson, Albert Maguire e Michael Redmond
Os investigadores premiados Jean Bennett, Samuel Jacobson, Albert Maguire e Michael Redmond
Terapia genética restaura a visão de crianças com cegueira infantil
Os investigadores premiados Jean Bennett, Samuel Jacobson, Albert Maguire e Michael Redmond
Os investigadores premiados Jean Bennett, Samuel Jacobson, Albert Maguire e Michael Redmond
Terapia genética restaura a visão de crianças com cegueira infantil
Os investigadores premiados Jean Bennett, Samuel Jacobson, Albert Maguire e Michael Redmond
Os investigadores premiados Jean Bennett, Samuel Jacobson, Albert Maguire e Michael Redmond
Terapia genética restaura a visão de crianças com cegueira infantil
A cura para a doença hereditária amaurose congénita de Leber, que provoca cegueira nas crianças, era, até há bem pouco tempo, quase impossível. Agora, tudo mudou com a primeira terapia genética que permite restaurar a visão das crianças com a doença.

A técnica de sete cientistas norte-americanos foi distinguida com o prémio Champalimaud Visão 2018, no valor de um milhão de euros, entregue na terça-feira em Lisboa.



Exclusivos

Assinatura Digital

Acesso sem limites em todos os dispositivos Assinatura válida na APP Correio da Manhã Newsletters exclusivas E-paper antecipado no Quiosque Ofertas e descontos do Clube CM+
Assine já! 1€ no 1º mês
Relacionadas
Notícias Recomendadas