Barra Cofina
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já

“Sem terapias há pessoas que podem regredir”: Associação de Doentes de Parkinson alerta para efeitos da pandemia de Covid-19

Ana Botas, presidente da APDPk, explica as medidas desenvolvidas pela associação para continuar a apoiar os doentes.
Por Susana Pereira Oliveira 11 de Abril de 2020 às 15:36
Ana Botas, presidente da APDPk
Ana Botas, presidente da APDPk FOTO: Direitos Reservados
O surto de Covid-19 transformou o País e obrigou a sociedade e as entidades a adotarem medidas excecionais para fazer face a esta pandemia. Muitas das entidades afetadas são aquelas que prestam apoio, diariamente, aos portadores de diversas doenças, como é o caso dos doentes com Parkinson. Para fazer face aos efeitos do novo coronavírus, a Associação Portuguesa de Doentes com Parkinson (APDPk) foi uma das muitas entidades que viu a braços para conseguir continuar a apoias todos os associados que a procuram todos os dias para conseguirem ter uma rotina compatível com os parâmetros normais da vida.



Exclusivos

Assinatura Digital

Acesso sem limites em todos os dispositivos Assinatura válida na APP Correio da Manhã Newsletters exclusivas E-paper antecipado no Quiosque Ofertas e descontos do Clube CM+
Assine já! 1€ no 1º mês
Notícias Recomendadas