Barra Cofina
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já

Corticoides inalados para a Asma baixam mortalidade

Problema respiratório afeta cerca de um milhão de pessoas no País.
Por Daniela Polónia 20 de Maio de 2017 às 09:45
A asma surge sobretudo em crianças, que, por a doença ser crónica, têm de conviver com o problema durante toda a vida. No entanto, pode surgir em qualquer idade, sobretudo em pessoas idosas. Apesar de não haver cura, há tratamento para a asma
A asma surge sobretudo em crianças, que, por a doença ser crónica, têm de conviver com o problema durante toda a vida. No entanto, pode surgir em qualquer idade, sobretudo em pessoas idosas. Apesar de não haver cura, há tratamento para a asma FOTO: Getty Images
A grande revolução no tratamento da asma foram os corticoides inalados que são um dos responsáveis pela queda da taxa de mortalidade.

As mortes por asma são cada vez menos e acontecem, sobretudo, em idosos que têm outras doenças associadas, como a hipertensão e a diabetes", explica Elisa Pedro, presidente da Sociedade Portuguesa de Alergologia e Imunologia Clínica.

Segundo os dados da Direção-Geral da Saúde, a taxa de mortalidade por asma em 2013 era de 0,2 por cento em doentes abaixo dos 65 anos e de 3,7 por cento em asmáticos acima dessa faixa etária.

Exclusivos

Assinatura Digital

Acesso sem limites em todos os dispositivos Assinatura válida na APP Correio da Manhã Newsletters exclusivas E-paper antecipado no Quiosque Ofertas e descontos do Clube CM+
Assine já! 1€ no 1º mês
Notícias Recomendadas