Barra Cofina
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já

"Vale a pena suspeitar cedo, para tratar cedo", dermatologista alerta para sinais de cancro da pele

Assinala-se hoje [19 de maio] o Dia dos Cancros da Pele. Conheça os sinais a estar atento.
Por Elsa Custódio 21 de Maio de 2021 às 16:51
Cancro da pele
Cancro da pele FOTO: Getty Images
A Associação portuguesa de Cancro Cutâneo (APCC) juntamente com a Sociedade Portuguesa de Dermatologia e Venereologia (SPDV), organizam a Campanha Nacional de prevenção do Cancro da Pele, a propósito do Dia dos Cancros da Pele, que se assinala esta quarta-feira, dia 19. Em entrevista ao CM, o dermatologista e Secretário Geral da APCC, Ricardo Vieira, alerta para a necessidade de estarmos atentos ao sinais de alerta para o melanoma, que apesar de ser o tipo de cancro de pele menos comum, é também o mais mortal.

"Vale a pena suspeitar cedo, para tratar cedo"
CM - Assinala-se hoje [19 de maio] o Dia dos Cancros da Pele. Qual é a importância desta data?
- Esta data é importante por dois motivos, por um lado, para relembrar as pessoas sobre os fatores de risco, e desta forma podermos atingir a meta de diminuição do número de mortes provocadas pelo cancro da pele. Por outro lado, serve para ensinar para a saúde, a população a reconhecer sinais de alarme que possam indiciar o cancro de pele. Portanto, vale a pensa suspeitar cedo, para também tratar cedo.

CM - Quantas pessoas em Portugal estão diagnosticadas com algum tipo de cancro de pele?
- Aquilo que temos nos registos reporta-nos para o melanoma. Apesar de não ser o tipo de cancro de pele mais comum, é o mais mortal. Em 2018, foram diagnosticados 1000 novos casos de melanoma, em Portugal. O melanoma é responsável por 250 mortes por ano (dados 2018). Mas existem outros tipos de cancro de pele, mais comuns e menos graves, a que correspondem 12 mil novos casos por ano, e o número de mortes não ultrapassa as 150 mortes por ano. Portanto, o cancro de pele é responsável por 400 mortes por ano, em Portugal. Mas, convém dizer que 90% das mortes poderiam ser evitadas com um diagnóstico precoce.

Exclusivos

Assinatura Digital

Acesso sem limites em todos os dispositivos Assinatura válida na APP Correio da Manhã Newsletters exclusivas E-paper antecipado no Quiosque Ofertas e descontos do Clube CM+
Assine já! 1€ no 1º mês
Notícias Recomendadas
Bem Estar e Nutrição

O verdadeiro peso da performance sexual numa relação

“Os homens focam-se na performance, sentem que têm de ser ótimos enquanto amantes e têm que dar prazer, e elas têm de ser sexy e sensuais” Marta Crawford, sexóloga, desmistifica as questões das “deusas” e “deuses” do amor.