Barra Cofina
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já

“Não podemos cultivar demasiado este clima de medo”, alerta nefrologista sobre doença renal crónica

Pandemia de Covid-19 está a ser fatal para muitos doentes, que estão a adiar consultas até ser tarde demais.
Por Ana Maria Ribeiro 17 de Março de 2021 às 20:24
O vírus ataca vários órgãos, desde o cérebro aos olhos, pulmões, coração, vasos sanguíneos, rins, fígado e intestinos
O vírus ataca vários órgãos, desde o cérebro aos olhos, pulmões, coração, vasos sanguíneos, rins, fígado e intestinos FOTO: EPA
Portugal tem mais de 20 mil pessoas com doença renal crónica – uma das taxas mais elevadas da Europa. A pandemia de Covid-19 está a ser fatal para muitas, que estão a adiar consultas até ser tarde demais. Teresa Chuva, nefrologista do IPO do Porto, diz que é preciso moderar o discurso do medo.

O que caracteriza um doente renal crónico?



Exclusivos

Assinatura Digital

Acesso sem limites em todos os dispositivos Assinatura válida na APP Correio da Manhã Newsletters exclusivas E-paper antecipado no Quiosque Ofertas e descontos do Clube CM+
Assine já! 1€ no 1º mês
Notícias Recomendadas