Barra Cofina
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já

Maioria das crianças que gagueja tem familiar directo que também o faz

Gaguez é uma alteração na fluência verbal que afecta 100 mil pessoas em Portugal.
16 de Dezembro de 2012 às 01:00
O defeito no ritmo da fala tem impacto na qualidade de vida da pessoa com gaguez
O defeito no ritmo da fala tem impacto na qualidade de vida da pessoa com gaguez

"O defeito no ritmo da fala tem impacto na qualidade de vida da pessoa com gaguez, através da repetição de palavras, sílabas ou sons, bem como dos bloqueios ou tiques faciais", explica Tiago Grave. O terapeuta da fala acrescenta que, apesar de a gaguez ser irreversível, a fluência verbal pode ser melhorada com tratamentos.

Os gagos raramente dizem que gaguejam e preferem referir que têm um problema de fala. Costumam fugir às palavras e letras em que gaguejam mais. "A gaguez é ainda um problema invisível e pouco reconhecido pelo Estado. Não há apoio suficiente às pessoas com gaguez, particularmente em idade escolar. A sociedade vai marginalizando estas pessoas no acesso ao emprego e à terapia da fala. Falta igualdade de oportunidades e mais tolerância", reconhece Luís Rocha, vice-presidente da Associação Portuguesa de Gagos (APG).

Sendo um comportamento involuntário, pedir uma água quando se quer um café ou comprar um bilhete de comboio para uma estação diferente daquela a que se pretende chegar podem ser situações comuns no dia-a-dia de um gago, segundo a APG.

Exclusivos

Assinatura Digital

Acesso sem limites em todos os dispositivos Assinatura válida na APP Correio da Manhã Newsletters exclusivas E-paper antecipado no Quiosque Ofertas e descontos do Clube CM+
Assine já! 1€ no 1º mês
Notícias Recomendadas
Bem Estar e Nutrição

Água com gás: saudável ou nem por isso?

Melhora a digestão, pode ajudar a perder peso, e é mais interessante do que a água pura do ponto de vista nutricional, dizem alguns especialistas. Mas nem todos têm a mesma opinião.