Barra Cofina
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já

Manchas vermelhas no rosto são o sinal mais evidente de Lúpus

A doença atinge cerca de 15 mil portugueses.
24 de Fevereiro de 2013 às 01:00
O diagnóstico da doença de lúpus deve ser o mais cedo possível
O diagnóstico da doença de lúpus deve ser o mais cedo possível FOTO: Getty Images

O lúpus é doença complexa. Apresenta múltiplos sintomas, pelo que o diagnóstico nem sempre é fácil. "No começo é como uma gripe. O indivíduo sente-se cansado, sem força, febril e com dores nas articulações. Ao longo do tempo, com a persistência dos sintomas, a gripe torna-se estranha. O cansaço é o drama principal de um doente. Uma mancha vermelha no rosto reconhece-se e a queda de cabelo também. Já o cansaço não se vê", explica Carlos Alberto Ferreira, médico e presidente da Associação de Doentes com Lúpus, acrescentando que a perda de peso é outro dos sintomas.

O lúpus é uma doença crónica e inflamatória. O sistema imunitário do indivíduo fica desajustado, desencadeando diversas manifestações, como lesões na pele ou noutros órgãos. As mulheres são as mais afetadas. "A proporção é de dez a 15 mulheres para um homem. Os estudos referem que as hormonas femininas facilitam o aparecimento da doença" clarifica Carlos Alberto Ferreira.

Por outro lado, o stress, o tabagismo e a exposição ao sol em excesso são fatores prejudiciais para os doentes de lúpus.

Exclusivos

Assinatura Digital

Acesso sem limites em todos os dispositivos Assinatura válida na APP Correio da Manhã Newsletters exclusivas E-paper antecipado no Quiosque Ofertas e descontos do Clube CM+
Assine já! 1€ no 1º mês
Notícias Recomendadas
Bem Estar e Nutrição

Mitos e verdades sobre a celulite

Numa era em que o ‘body shaming’ convive com o movimento ‘body positive’, a celulite continua a ser fonte de insegurança. Uma nutricionista explica o que fazer.