Barra Cofina
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já

Poliomielite pode paralisar membros inferiores

Transmissão por contacto social. Doença não é curável.
Por Francisca Genésio 25 de Novembro de 2017 às 10:17
Conteúdo exclusivo para Assinantes Assine já Se já é assinante faça LOGIN
Exclusivos
Vacina contra a poliomielite foi a primeira a integrar o Programa Nacional de Vacinação. A taxa de cobertura é de 97% FOTO: Getty Images
Há 31 anos que não existe um novo caso de poliomielite em Portugal, a doença que afetou cerca de três mil pessoas e causou a morte de 345, das quais 149 eram crianças com menos de dois anos, entre 1954 e 1965.

A pólio, também conhecida como paralisia infantil (ocorre com maior frequência em crianças) "é uma doença causada por um vírus que vive no intestino - poliovírus - que afeta as vias aéreas superiores e em alguns casos passa para o sangue e mesmo para o sistema nervoso, onde destrói as células motoras e causa paralisia flácida nos músculos", explica Helena Alves, médica e presidente da direção do Colégio de Especialidade de Imunohemoterapia da Ordem dos Médicos.

Existem dois tipos da doença: a pólio paralítica e a não paralítica. Apenas 1% dos diagnósticos em Portugal dizem respeito à paralítica. Os sintomas, na não paralítica, aparecem sob a forma de febre, dores de cabeça e no corpo, vómitos, diarreia, prisão de ventre, espasmos, rigidez na nuca e até meningite.

Exclusivos

Assinatura Digital

Acesso sem limites em todos os dispositivos Assinatura válida na APP Correio da Manhã Newsletters exclusivas E-paper antecipado no Quiosque Ofertas e descontos do Clube CM+
Assine já! 1€ no 1º mês
Notícias Recomendadas
Bem Estar e Nutrição

Mitos e verdades sobre a celulite

Numa era em que o ‘body shaming’ convive com o movimento ‘body positive’, a celulite continua a ser fonte de insegurança. Uma nutricionista explica o que fazer.